Descendência Nativa do Barão de Ayuruoca 

 Tibiriçá

e

João Belbode Maldonado, o Ramalho. 

DESCENDÊNCIA DE TIBIRIÇA.

“Cacique Tibiriçá”

 

 

1 – MARTIM AFONSO (Nome de Batismo de TIBIRIÇÁ, líder Indígena dos Guaianases, Silva Leme, Genealogia Paulistana, Vol. 1, Fls. 34 e Vol. 9, Fls. 67 ).     

Pai de:

2 – ISABEL DIAS (Nome de Batismo da Nativa Bartira), casada com JOÃO BELMODE MALDONADO, RAMALHO, natural de Vouzela, comarca de Viseu, Província da Beira, Portugal. Filho de João Velho Maldonado e de Catarina Afonso Belbode, capitão-mor de São Paulo em 1562.    

Pais de:

3 – JOANA RAMALHO, casada com o capitão-mor JORGE FERREIRA, Cavalheiro Fidalgo da Casa Real de Portugal e lugar-tenente do Donatário de São Vicente, de 1556 a 1557 e de 1567 a 1569.

Pais de:

4 - JOANA FERREIRA, casada com TRISTÃO DE OLIVEIRA.          

TRISTÃO DE OLIVEIRA é filho do capitão-mor ANTONIO DE OLIVEIRA LEITÃO, cavalheiro Fidalgo da Casa Real de Portugal e Primeiro lugar-tenente do Donatário Martim Afonso de Sousa, de 1538 a 1542 e de 1549 a 1552, e de Dona GENEBRA LEITÃO DE VASCONCELOS.         

Pais de:

5- MATIAS DE OLIVEIRA LOBO, casado com sua prima ISABEL DA CUNHA (Silva Leme, Genealogia Paulistana, Vol. 5, Fls. 53 e Vol. 8, Fls.443 e Vol. 9. Fls. 68 ).

Pais de:

6 – JULIANA DE OLIVEIRA, casada com MANUEL FRANCISCO PINTO, português, natural de Guimarães.             

Manuel Francisco Pinto é filho de BALTAZAR FRANCISCO PINTO e de MARIA GONÇALVES DE FREITAS.           

Pais de:

7 - SALVADOR FRANCISCO DE OLIVEIRA, casado com ANA PIRES ( SILVA LEME, Genealogia Paulistana, Vol. 8, fls.496 e Vol. 2, Fls.43 ).  

Ana Pires é filha de ANTONIO DE SIQUEIRA, paulista, falecido em 1648 e de MARIA AFONSO (Silva Leme, Genealogia Paulistana, Vol. 2 , Fls. 43 e Pedro Taques, Título Pires); Antonio de Siqueira é filho de FRANCISCO DE SIQUEIRA, Português, Juiz e Capitão dos Índios em São Paulo, SP, em 1606 e Vereador em 1629 e de ANA PIRES DE MEDEIROS, paulista, falecida em 1668(Silva Leme, Genealogia Paulistana, Vol. 2, Fls. 40); Ana Pires de Medeiros, é filha do Capitão SALVADOR PIRES e de MECIASSÚ FERNANDES; o Capitão Salvador Pires é filho de SALVADOR PIRES e de MARIA RODRIGUES; Maria Rodrigues é filha de GARCIA RODRIGUES e de ISABEL VELHO (Silva Leme, Genealogia Paulistana, Vol. 2, Fls. 5; Vol. 1, Fls. 46; Vol. 7, Fls.396); Salvador Pires é filho de JOÃO PIRES; MECIASSÚ FERNANDES, é filha de ANTONIO FERNANDES, Português, e de ANTONIA RODRIGUES, Paulista; Antonia Rodrigues, é filha de ANTONIO RODRIGUES E ANTONIA RODRIGUES, esta batizada pelo Padre Jesuíta José de Anchieta; Antonia Rodrigues é filha do CACIQUE PIQUEROBY, maioral de URURAHY(16º ancestral) -  (Silva Leme, Genealogia Paulistana, Vol. 1, Fls. 45 e 47). 

Pais de:

8 - MATIAS DE OLIVEIRA LOBO, paulista, Vereador em São Paulo, SP, de 1715 a 1720, casado 1679 com ANA DE MORAIS MADUREIRA, nascida em São Paulo, SP, em 1665, falecido em 1745.     

Pais de: 

9 - ANA PIRES DE OLIVEIRA, falecida em 1753, casou em São Paulo, SP, em 20 de dezembro de 1720 com ANTONIO VIEIRA DE MORAIS, falecido em 1742.  

Antonio Vieira de Morais é filho de ANTONIO VIEIRA DOURADO, português, nascido em Oliveira, Portugal, que casou em 1692 com FRANCISCA MACEDO, paulista. A partir de 1736 passaram a residir em São Miguel de Cajuru, distrito de São João Del Rei, MG.            

Pais de:

10 - MARIA DE ASSUNÇÃO MORAIS, nascida em São João Del Rei, 1721, falecida na mesma cidade em 20 de fevereiro de 1763, casou em 1739 com o então Sargento-mor LOURENÇO CORRÊA SARDINHA, falecido em São João Del Rei, 22/06/1747, Português.  

LOURENÇO CORRÊA SARDINHA é filho de PEDRO CORRÊA E ISABEL SARDINHA, naturais de Arganil, Coimbra, Portugal.

Pais de:

11 - ESCOLÁSTICA MARIA DE JESUS MORAIS, nascida em São João Del Rei, MG, em 22/12/1745 e falecida em São João del Rei em 25/06/1823, que deu aos “Leite”, a partir desse casamento, descendência direta das Casas Reais Espanholas de Leão, Navarra, Castela, Astúrias, dos Reis Visigodos da Espanha, dos Reis Francos e da Nação dos Guaianases, através de sua descendência de Silva Leme, o Cacique Tibiriçá. Casou em 09/01/1764 com JOSÉ LEITE RIBEIRO, fazendeiro, grande minerador de ouro no Rio das Mortes e proprietário da Fazenda Palmital, na freguesia de Aiuruoca, termo da Vila de São João Del Rei, comarca do Rio das Mortes; Sargento-mor, depois capitão-mor. Nasceu em Braga, Portugal, 01/07/1723 e faleceu em São João del Rei, MG, 04/10/1801. Chegou ao Brasil em 1739 aos 16 anos.

 

Relação dos 14 filhos de Escolástica Maria de Jesus Morais Leite Ribeiro e de José Leite Ribeiro:

 

1 - José Leite Ribeiro, nasceu em 02/12/1764 na sua Fazenda Patrimônio, Freguesia de Aiuruoca, MG, casou em 05/03/1783 com Leonor Felizarda de Barros, faleceu em 20/06/1783 na Fazenda Patrimônio.

2 - Capitão Manoel Ferreira Leite, nasceu em 1766 e faleceu por volta de 1821. Casou em 21/05/1792 com Josefa Monteiro de Sousa, irmã de Francisco José Teixeira, Barão de Itambé.

3 - Ana Maria Leite Ribeiro, nasceu em 1768, faleceu por volta de 1811. Casou em 05/07/1781 com o português José Maria da Silva.

4 - Padre João Ferreira Leite, nasceu em 14/07/1769, faleceu em 12/06/1840, Cavaleiro da Ordem de Cristo. Pai de Domiciano Leite Ribeiro, Visconde de Araxá.

5 - Capitão-mor Joaquim Leite Ribeiro, nasceu em São João Del Rei, batizado na capela Madre de Deus em 27/12/1772 e faleceu no Rio de Janeiro em 17/03/1809. Casou na Capela de Nossa Senhora do Turvo, Aiuruoca MG, em 04/02/1798 com Jacinta Maria de Almeida, que nasceu em 1774 e faleceu em 18/09/1846. Fundou Barra Mansa junto com seu irmão, Custódio Ferreira Leite, Barão de Ayuruoca. A principal rua de Barra Mansa tem o nome de seu filho, Joaquim Leite Ribeiro de Almeida, um dos grandes administradores de Barra Mansa, que foi agraciado em 23 de dezembro de 1887 com o título de Barão Ribeiro de Almeida, que nobremente recusou. Era casado com Maria Francisca de Almeida – Avenida Joaquim Leite, em Barra Mansa.

6 - Capitão Antonio Leite Ribeiro, nasceu em São João del Rei 1773, faleceu 16/05/1848 na Fazenda Ribeirão Fundo, São João del Rei, onde minerava ouro. Casou em 08/05/1797 com Bernardina Constança de Barros.

7 - Maria Custódia Assunção Leite Ribeiro, nasceu em São João Del Rei em 1776, faleceu em 1820. Casou em 15/06/1794 com o então Alferes Francisco Pinto de Magalhães, nascido em 28/09/1765 e falecido em 09/05/1820. Filho de Bento Pinto de Magalhães que nasceu na freguesia de São Salvador de Moure, Braga, Portugal, e faleceu em São João Del Rei, MG, em 23/03/1766 e de Maria do Rosário Achioli de Albuquerque; Neto Paterno de Bento Pinto e Senhorinha Ribeiro; Neto Materno do então Sargento-mor Francisco do Rego Barros e Arcângela Furquim da Luz. O casal é ancestral da tradicional família Leite de Magalhães Pinto, em Minas Gerais.

 

8 - Capitão de Ordenanças Francisco Leite Ribeiro, nascido em 13/08/1780, falecido em Barbacena em 16/05/1844. Casou em 1ª núpcias com Tereza Angélica de Jesus Vidal em 04/02/1809 e em 2ª núpcias com Francisca Caetano de Oliveira, falecida em 06/09/1840. Em 19/10/1842 foi elevado a Comendador da Ordem Imperial da Rosa pelos relevantes serviços prestados na pacificação do levante de 1842, em Minas Gerais.

9 - Francisca Bernardina do Sacramento Leite Ribeiro, nascida em São João del Rei, MG, 04/06/1781, faleceu em Vassouras, RJ, 06/09/1864; casou em São João Del Rei 13/07/1802 com Francisco José Teixeira, nascido em 06/09/1780, falecido em 22/03/1866, Barão de Itambé, filho do então Capitão Francisco José Teixeira, falecido em 12/09/1788 e de Ana Josefa de Souza, falecida em 23/01/1808. Pais de Francisco José Teixeira Leite (Barão de Vassouras), Joaquim José Teixeira Leite (pai de Eufrásia Teixeira Leite), Capitão Carlos Teixeira Leite e Eugênio Teixeira Leite.

10 – Coronel Custódio Ferreira Leite, Barão de Ayuruoca. Casou em 26 de outubro de 1811 com Teresa Maria Rosa de Magalhães Veloso, falecida em 1868. 

11 - Domingos Ferreira Leite, nascido em 10/04/1783 e faleceu ainda estudante no Rio de Janeiro em 1801 de febre amarela. 

12 - Teresa Leite Ribeiro, nascida em 11/08/1784 e faleceu recém-nascida.

13 - Capitão Anastácio Leite Ribeiro, nascido em 15/08/1787, obtendo em 1818 sesmaria na Província de Minas Gerais (Livro 379, fls. 75, Arquivo Público Mineiro, Ano V). Casou em 01/03/1813 com a irmã de seu cunhado, Francisco José Teixeira, Barão de Itambé.

14 - Capitão (então) Floriano Leite Ribeiro, nasceu em São João Del Rei, MG, em 01/03/1790, faleceu em Conservatória, distrito de Marques de Valença em 03/05/1871; casou-se com Ana Josefa de Souza Rios, falecida em 1842; Filha do Guarda-mor Manoel da Costa Rios e de Ana Esméria Teixeira de Souza, nascida em 1776, e falecida em 1842, irmã de Francisco José Teixeira, Barão de Itambé, seu cunhado.      

 

Pais de:

12 - CORONEL CUSTÓDIO FERREIRA LEITE – BARÃO DE AYURUOCA, nascido em São João Del Rei, MG, em 03/12/1782 e faleceu na fazenda Louriçal em 17/11/1859; Em 1959, os seus restos mortais foram transferidos para o cemitério de Mar de Espanha, MG - Bacharel em Direito, Fazendeiro, capitão-mor, Major e Coronel da Guarda Nacional; por Decreto de 14 de maio de 1855, recebeu do Imperador D. Pedro II, o título de Barão de Ayuruoca, pelo seu desprendimento em prol do desenvolvimento do Vale do Paraíba, Rio de Janeiro, construindo estradas, escolas, templos e monumentos; Comendador da Ordem de Cristo em 14/03/1855 e Cavaleiro da Imperial Ordem da Rosa. Tanto o Imperador D. Pedro I, como seu filho D. Pedro II, o distinguiam com uma particular amizade. Fixou-se com a família nas margens do Rio Paraíba, tendo plantado café. Para facilitar a independência administrativa, doou não somente os terrenos em que deveria ser erigida a Vila de Barra Mansa, como também reservou grandes áreas, nas proximidades destinadas a serem oferecidas gratuitamente aos colonos e escravos alforriados que nelas desejassem se fixar e assim, em 03 de outubro de 1832, foi criado o município de Barra Mansa, o qual fundou com seu irmão JOAQUIM LEITE RIBEIRO. Construiu com verbas próprias a ferrovia ligando Vassouras ao resto da província fluminense, e desativada em 1972 pelo Governo Federal. Construiu as Catedrais de Barra Mansa, Areal, Conservatória, Valença, Sapucaia, Mar de Espanha e Vassouras; Deputado Provincial de Minas Gerais; Casou-se em 26 de outubro de 1811 com a Sra. TEREZA MARIA de MAGALHÃES VELOSO. TEREZA MARIA ROSA DE MAGALHÃES VELOSO (FEREIRA LEITE), BARONESA DE AYURUOCA, filha de HENRIQUE LOUZADA DE MAGALHÃES e de MARIA JOSEFA DA CONCEIÇÃO VELOSO.