Instituto Cultural Barão de Ayuruoca

 

Professor José Silvio Leite Jacome, Presidente do Instituto Cultural Barão de Ayuruoca recebe diploma pelos relevantes serviços prestados a preservação da memória histórica de Barra Mansa, da região e do Brasil, das mãos de Rozan Silva, Presidente da Academia Barramansense de História e Alan Carlos Rocha, Presidente de Honra da mesma Academia. 03/12/2005.

 

Busto do Barão de Ayuruoca, no Parque Centenário, em Barra Mansa. O busto foi inaugurado em 1991 e foi feito pela artista plástica Erna Y. Antunes.

Professor José Silvio Leite Jacome, Presidente do Instituto Cultural Barão de Ayuruoca, discursa em frente ao busto do Barão de Ayuruoca, agradecendo as manifestações de carinho com que foi recebido pelos munícipes Barra-mansenses. 03/12/2005.

Da esquerda para a direita: José Carlos Franco de Faria, ocupante da cadeira nº 1, da Academia de Letras de Barra Mansa, cujo patrono é o Cel. Custódio Ferreira Leite, Barão de Ayuruoca; José Silvio Leite Jacome, Presidente do Instituto Cultural Barão de Ayuruoca; Alan Carlos Rocha, Presidente de Honra da Academia Barramansense de História e Rozan Silva, Presidente da Academia Barramansense de História. 03/12/2005. 

Acadêmicos e Personalidades prestigiaram as comemorações pela passagem dos 223 anos do Barão de Ayuruoca, fundador de Barra Mansa, no Parque Centenário, em Barra Mansa. 03/12/2005.

Historiador José Carlos Franco Faria, Acadêmico da ALBM, faz relato sobre a vida e obra do Barão de Ayuruoca, fundador de Barra Mansa. 03/12/2005.

Rozan Silva, Presidente da Academia Barramansense de História e José Silvio Leite Jacome, Presidente do Instituto Cultural Barão de Ayuruoca. 03/12/2005.

Superintendente de Cultura de Barra Mansa, professor Luiz Augusto Mury, discursando por ocasião dos 223 anos do Barão de Ayuruoca, em 03/12/2005.

 

Público atento à apresentação do historiador José Carlos Franco Faria, da Academia de Letras de Barra Mansa ao relatar a vida e obra do Barão de Ayuruoca. 03/12/2005.

 

Última modificação: 06 abril, 2017